Realidade virtual seduz criadores de jogos independentes

Sistemas VR disponíveis no mercado

Os sistemas de realidade virtual da Sony, da Oculus Rift e da HTC estão a chamar a atenção das grandes marcas de videojogos e, sobretudo, a seduzir os criadores de jogos independentes.
HTC-vive- realidade virtual

Estúdios independentes de videojogos

Jon Hicks, especialista de videojogos afirmou, “Há um grande interesse na realidade virtual. E, como sempre, os criadores independentes desenvolvem os produtos mais interessantes. Há projetos pequenos muito criativos e pouco habituais. E quanto mais populares se tornam os óculos de realidade virtual, mais jogos serão produzidos por criadores independentes em vez das grandes marcas”2XuhbLp - realidade virtual - video 360

 

“A vantagem de ser um criador independente é poder fazer qualquer coisa. Não estamos vinculados a grandes orçamentos. Não temos de jogar pelo seguro. É normal ver pessoas a tentar coisas novas. É a nova fronteira do jogo. Ninguém sabe o que funciona ou não. Temos todos de ir experimentando e ver o que realmente resulta”.

Algo completamente diferente está a ser apresentado pelo Application Systems Heidelberg, um fornecedor de jogos alemão. “Carpe Lucem” é um quebra-cabeças que faz florescer flores com o poder de raios de luz.
Através de comandos de realidade virtual, os jogos conseguem orientar e ajustar os raios de luz com as mãos. ADR1FT Screenshot 03“Queríamos criar uma experiência inicial calma em realidade virtual. Não queremos deixar as pessoas maldispostas. É um jogo calmo, propenso à meditação, sem qualquer pressão”, diz Ritzhaupt, o diretor do Application Systems Heidelberg.

Solução de VR da Sony

O sistema de realidade virtual da Sony, os PlayStation VR, já está disponível para os consumidores portugueses, em loja e online.

Fonte da notícia: Euronews

Related Posts